FLEXITARIANISMO

FLEXITARIANISMO: SAIBA COMO FUNCIONA

Dieta quase vegetariana que não proíbe a carne


Eliane Contreras | Jan 30, 2020

Você sabe que carne vermelha em excesso não faz bem, mas não gostaria de cortar totalmente esse item do cardápio. Então a alimentação flexitariana (combinação das palavras flexível e vegetariana) é para você. Ela permite o consumo de proteína animal duas vezes na semana ou apenas quando surgir vontade. O objetivo é proporcionar benefícios para a saúde e o meio ambiente. 

No restante dos dias são recomendados apenas alimentos de origem vegetal. Aos poucos, você se habitua a ficar até mesmo sem frango e peixe. Aliás, é uma boa estratégia para que a transição para o vegetarianismo aconteça de forma mais tranquila e efetiva. 

É claro que nos dias só de vegetais não dá para esquecer a proteína, nutriente indispensável na manutenção dos músculos e para uma série de outras funções no organismo. Por isso vale a recomendação de combinar grãos variados nas principais refeições. 

Dias só com vegetais

Caprichar na quantidade de folhas e legumes é outra medida da alimentação flexitariana criada pela nutricionista americana Dawn Jackson Blatner, autora do best-seller The Flexitarian Diet (Dieta Vegetariana Flexível). No livro, Dawn afirma: “Uma alimentação sem a gordura da carne e rico em fitoquímicos (substâncias naturais que fazem bem à saúde) dos vegetais faz com que o organismo produza menos radicais livres – espécie de sujeira que provoca inflamações nas células”.

Dias reservados para o churrasco

Os benefícios da dieta: risco diminuído de doenças cardiovasculares, diabetes e câncer. As pessoas também tendem a acumular menos gordura corporal, em média, 15% menos que aquelas que consomem muita proteína animal, segundo a nutricionista americana. Sua maior dificuldade é abrir mão da carne nos eventos de fim de semana? Nossa sugestão: reserve o sábado e o domingo (ou só um desses dois dias) para participar do churrasco com a família ou os amigos. É bem flexível, não?

MAIS QUE UMA DIETA, UM ESTILO DE VIDA 

O flexitarianismo é baseado nestes cinco princípios

1. Coma principalmente frutas, verduras, legumes e grãos integrais.

2. Concentre-se nas proteínas das plantas em vez dos animais.

3. Seja flexível e incorpore produtos de carne e animais de tempos em tempos.

4. Coma a forma menos processada e mais natural dos alimentos.

5. Limite a adição de açúcar e o consumo de doces (sim, diminuir o açúcar também é importante).