CARDÁPIO SAZONAL

SETEMBRO É MÊS DO QUE?

Aproveite a época de fava para variar o sabor e os nutrientes do cardápio


Gabriella Major | Sep 01, 2020

A fava é destaque da safra de setembro, que também traz cupuaçu, sapoti e tamarindo - três frutas ricas em vitaminas C e nas do complexo B. Aproveite ainda a tangerina, que começou a aparecer nas feiras e hortifrutis em julho, mas continua farta e saborosa (ensinamos aqui um chá feito com as folhas dessa fruta cítrica). Então separe a ecobag e inclua na lista de compras esses e outros alimentos da época – além de mais baratos, são cultivados com menos agrotóxicos (se você tiver acesso aos orgânicos melhor ainda). Mas, antes de conferir todos os itens da safra (abaixo), saiba por que destacamos a fava. 

Feijão de fava ou feijão de lima são os nomes dados à leguminosa, muito usada na culinária e medicina natural indiana. Originária da Ásia Central e Norte da África, é um alimento que se adaptou bem no Brasil, onde costuma ser mais consumida por veganos e vegetarianos por causa da quantidade de proteína concentrada no grão.

A fava ainda tem cobre, ferro, cálcio e magnésio, nutrientes importantes para o sistema imunológico e a prevenção de doenças. Já as fibras, também em boa dose no alimento, ajudam no funcionamento do intestino e no controle dos níveis de açúcar no sangue, além de aumentar a saciedade. Pode ser encontrada  nas cores verde (fava fresca), branca e com manchas marrom (favas secas).

Como todo grão, a fava seca precisa ficar mergulhada na água de 12 a 48 horas antes de ser levada ao fogo. “É uma leguminosa que fermenta no intestino, até mais que o feijão e, por isso, sem o demolho correto, pode ocasionar gases e distensão abdominal”, explica a nutricionista Nicole Ezemplari, de São Paulo. 

Por causa da casca rígida, a nutricionista sugere ferver a leguminosa depois do demolho e, só depois, cozinhar na pressão. Você pode preparar uma boa quantidade e deixar uma parte no freezer. A fresca é mais prática: basta retirar da vagem e escalde em água fervente por 3 minutos. Tanto a seca quanto a fresca podem ser usadas para preparar ensopados, refogados, patês, saladas e outras receitas que sua criatividade mandar. Assim você varia o cardápio e acrescenta um novo alimento com proteína (e outros nutrientes) no prato.

SAFRA COMPLETA 

FRUTAS

Abacate breda

Abiu

Ameixa estr espanhola 

Banana prata 

Cupuaçu 

Laranja lima 

Laranja pera

Maçã nacional fuji

Maçã estrangeira red del

Nectarina estrangeira espanhola

Nêspera

Pêra Estr. Packham Triumph

Pêssego Estr. Espanhol

Sapoti

Tamarindo

Tangerina Murcote

Uva Thompson

LEGUMES

Abóbora moranga

Abóbora paulista

Batata Doce Rosada

Berinjela Conserva

Beterraba 

Cará

Ervilha comum 

Ervilha torta 

Fava

Inhame

Mandioca 

Maxixe

VERDURAS

Agrião

Beterraba com Folhas 

Brócolis Ninja 

Brócolos Ramoso

Cenoura com folhas

Coentro

Couve 

Couve flor

Espinafre

Folha de uva