FLORES COMESTÍVEIS

É PRIMAVERA: LEVE A FADA AZUL E OUTRAS TANTAS FLORES COMESTÍVEIS PARA SUA COZINHA

Elas acrescentam cor, textura e antioxidantes às receitas


Eliane Contreras | Sep 22, 2020

Transição entre o inverno e o verão, a primavera começa oficialmente hoje (22/09) e termina no dia 21 de dezembro. Sua chegada se deve a um fenômeno astronômico chamado Equinócio, quando a luz solar incide da mesma maneira sobre os hemisférios norte e sul, fazendo com que os dias e as noites tenham a mesma duração.

Na primavera, o clima começa a ficar mais quente. “É o momento de plantar sementes. Elas receberão a luz perfeita do sol para que germinem em abundância”, sugere a chef e terapeuta natural Rachel Lopes, autora do site Cozinha do Jardim. Mas são as flores que mais chamam a atenção: nesta época do ano, elas explodem nos mais variados formatos, perfumes, cores e sabores. Sim, sabores. Afinal, brócolis e couve-flor são flores, mas existem muitas outras.

Aqui mesmo já publicamos matéria dedicada às inúmeras flores comestíveis, muitas delas consideradas PANC (plantas alimentícias não convencionais), como capuchinha, lanterna japonesa, begônia vermelha, tumbérgia lilás e amor perfeito. Mas, desta vez, vamos dar destaque para a fada azul celta. Sobre essa flor talvez você ainda não tenha ouvido falar ou não saiba que pode ser consumida.

Nativa do sudeste asiático e da Índia, e muito cultivada na Tailândia, a fada azul se adaptou muito bem em partes da Europa, América Central e América do Sul. De nomenclatura botânica Clitoria ternatea, é capaz de empoderar pessoas reprimidas sexualmente ou que precisam vencer a timidez, segundo Rachel. Também conhecida pelos nomes ervilha-borboleta, sea pea (ervilha do oceano), cunhã azul, rainha azul, ismênia e palheteira, a flor geralmente é comercializada na versão desidratada para ser usada como corante natural.

Acrescentada na água quente, ela libera seu pigmento azul vibrante e rico em antocianinas (antioxidantes pertencentes a um grupo de flavonóides). Se for adicionado gotas de limão, outra magia acontece: o líquido muda para um lilás profundo. Você pode usar a mistura para drinques, chás e no preparo de receitas salgadas (que tal uma tapioca azul?) e doces. No site Cozinha do Jardim, Rachel sugere a Torta de Clitória.

Cultive em casa

As sementes da fada azul são de fácil plantio, mas o crescimento da planta depende da incidência de luz solar e de área que ela possa encostar e subir. Trata-se de uma trepadeira delicada e ornamental. Onde encontrar? Pioneiro no cultivo da planta no Brasil, o casal Rodrigo e Adines Reckziegel criou o site e e-commerce Flor Fada Azul para a venda de sementes, mudas e a flor desidratada.

ARTIGOS RELACIONADOS

Chegou a Primavera: Conheça as Flores que você pode comer

Bolinho de Laranja