abril vegano

ABRIL VEGANO INCENTIVA O PRIMEIRO PASSO PARA O VEGANISMO

Campanha dá suporte aos interessados em retirar a carne do prato 


Eliane Contreras | Mar 31, 2022

Começa amanhã (01/04) a terceira edição da campanha Abril Vegano – dê o primeiro passo para o veganismo. Criada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), tem como objetivo destacar os impactos positivos da alimentação vegana, na nossa saúde, para os animais e o planeta.

Durante o mês todo, a programação inclui lives nas redes sociais, troca de informações no Telegram (grupo Abril Vegano) e publicações diárias no site abrilvegano.com.br sobre a alimentação vegana, com dicas de nutricionistas para montar refeições nutricionalmente equilibradas. Os interessados também podem fazer download gratuito de e-books de receitas veganas práticas e baratas (consulte aqui também). 

Embaixadores da campanha

Embaixadores da campanha 2022, as atrizes Rayssa Bratillieri e Day Mesquita e os atores Henrique Camargo e José Trassi serão orientados pela nutricionista Renata Victoratti, do Departamento de Campanhas da SVB, a fazerem refeições veganas saborosas e completas em nutrientes.

@rayssabratillieri, @henriquecamargo, @daymesquita e @jtrassi

“O Abril Vegano é uma oportunidade de as pessoas darem o primeiro passo para a redução ou exclusão da carne e derivados do leite, com acesso a informações seguras para montar pratos só com vegetais, porém nutritivos e com muito sabor”, diz Renata Victoratti. 

Benefícios da alimentação sem carne

Diversos estudos associam as refeições à base de vegetais a menores taxas de obesidade, LDL (colesterol ruim), pressão arterial, diabetes e doenças coronarianas, além de risco reduzido de câncer. 

A SVB ressalta, que, além de proteger a saúde e respeitar os animais, a alimentação vegana é relevante para a preservação e manutenção dos recursos naturais. A pecuária, aliás, é a maior responsável pela erosão de solos e contaminação de mananciais aquíferos do mundo, além de contribuir com boa parte das emissões de gases de efeito estufa, prejudiciais à camada de ozônio. 

Abril Vegano, o ano todo (por favor!) 

O setor pecuário também está associado à grande parte do desmatamento da Amazônia – cenário que tende a ser agravado. Caso a população não abra mão da carne (ou, no mínimo, reduza o consumo), mais áreas de floresta serão devastadas para o cultivo de soja para alimentar o gado. 

A boa notícia é que cada vez mais pessoas estão conscientes de que a soja (assim como outros grãos) podem ir direto para o prato e, assim, poupar os animais, o meio ambiente e a própria saúde – ideia que será fortalecida durante o Abril Vegano (e, tomara, o ano todo!).